A internação voluntária, como o próprio nome diz, é aquela realizada com o consentimento do paciente, o qual deve assinar uma declaração de que é de sua espontânea vontade ser internado em uma instituição de tratamento da dependência química.

A internação desse tipo acontece quando há uma solicitação formal do paciente ou do médico responsável pelo acompanhamento do caso.

Em casos em que o paciente representa perigo para si mesmo e/ou terceiros, a internação voluntária pode vir a tornar-se involuntária, mais uma vez segundo determinação do médico responsável. Quando isso ocorre, o paciente perde o direito de deixar o tratamento por decisão própria.

As drogas podem acabar com a vida não só do dependente químico, como também de sua família. Esse é um problema que atinge diversos lares, independente da classe social, em todo o país. A droga não escolhe rico ou pobre, mas é a escolha do dependente em se tratar ou não, sendo internado por livre e espontânea vontade em uma de nossas clínicas de recuperação e reabilitação das drogas que fará toda diferença!

Nesse caso, temos a internação voluntária, que ocorre quando o dependente consegue perceber que precisa de ajuda. Porém, quando isso não acontece, e o indivíduo, devido à ação das substâncias psicoativas, não tem noção do risco que representa a si mesmo e às pessoas à sua volta, é preciso recorrer à internação compulsória ou involuntária.

Informações de Contato

Horário de atendimento: 24 horas.

Telefone: (51) 3431-1351

WhatsApp: (51) 99886-1904

Formulário de Contato

Nome*

E-mail*

DDD + Telefone

Mensagem*